sábado, 16 de novembro de 2013

Resenha: Diário de um banana: As memórias de Greg Heffley - Jeff Kinney #1

Diário de um banana é o tipo de livro que faz você querer reviver todas as histórias -até as esquecidas (Ou que você prefere esquecer.)- do ensino fundamental. Leve e descontraído, é a melhor opção para sábados chuvosos, entediantes, nublados ou não. 

Título: Diário de um banana - As memórias de Greg Heffley - Autor: Jeff Kinney - Editora: Vergana e Riba - Páginas: 218 - Ano: 2008

Não é fácil ser criança. E ninguém sabe disso melhor do que Greg Heffley, que se vê mergulhado no ensino fundamental, onde fracotes subdesenvolvidos dividem os corredores com garotos que são mais altos, mais malvados e já se barbeiam.
Em Diário de um banana, o autor e ilustrador Jeff Kinney nos apresenta um herói improvável. Como Greg diz em seu diário:
"Só não espere que eu seja todo "Querido Diário" isso, "Querido Diário" aquilo."
Para nossa sorte, o que Greg Heffley diz que fará e o que ele realmente faz são duas coisas bem diferentes.

"Em primeiro lugar, [Queremos] esclarecer uma coisa: [Diário de um banana] é um LIVRO DE MEMÓRIAS, não um diário."
Greg Heffley é o filho do meio do casal Susan e Frank (Eles tem mais dois filhos: Rodrick -mais velho- e Manny -mais novo) e tem como melhor amigo Rowley. Quando chega ao sexto ano do ensino fundamental, por ideia de sua mãe, Greg passa a escrever em um diário, digo, livro de memórias, tudo o que de melhor/pior, engraçado/não tão engraçado e diferente/igual acontece no seu ano letivo ("Só não espere que eu seja todo "Querido Diário" isso, "Querido Diário" aquilo."). 
E muita coisa acontece. Só para se ter uma ideia: Greg tenta se eleger tesoureiro no governo estudantil - na companhia de Rowley visita e resolve montar sua própria casa mal-assombrada - apronta todas no dia das bruxas - entra para a equipe de luta - participa da peça da escola - é responsável pelo braço quebrado de Rowley - entra para a patrulha se segurança - perde a amizade de Rowley, entre outras coisas. 
E tudo isso com muito humor, marca registrada de Jeff e que faz de Greg, o melhor protagonista jovem de histórias do gênero infanto-juvenil. 
Os personagens secundários são TOTALMENTE engraçados e, depois de passar um tempo na companhia do "roqueiro" Rodrick ("Você pode achar que ele escreveu assim para ficar mais descolado, mas aposto que seria novidade para ele se você lhe contasse como se escreve "Fralda Cheia"."), do "inocente" Manny ("Mas a coisa que mais me incomoda no Manny é o apelido que ele usa comigo. Quando era bebê, ele não conseguia pronunciar "irmão", então começou a me chamar de "Mamão"."), da Sr. Susan ("Na verdade, hoje mais cedo, o Rodrick estava ouvindo um dos seus CDS na sala e a mamãe chegou e começou a dançar."), do Sr. Frank ("Normalmente, se você faz besteira na frente do papai, ele joga o que estiver nas mãos dele em você.") e do ingênuo Rowley ("Já falei para o Rowley pelo menos um bilhão de vezes que, agora que a gente está no sexto ano, você tem que dizer "dar um tempo", não "brincar".), fica fácil entender porque a cabecinha de Greg funciona da forma que funciona.
O livro ainda tem uma diagramação SIMPLESMENTE perfeita. As folhas tem linhas e, como ótimo ilustrador que é, Jeff torna Diário de um banana quase um quadrinho, já que não faltam ilustrações.
E se tem uma coisa que eu aprendi com o Greg, que por sinal ele aprendeu com o Rodrick "foi abaixar as expectativas das pessoas. Assim dá para surpreendê-las fazendo quase nada." Ou não.
Diário de um banana chegou assim nas minhas mãos (Sem expectativas) e acabou se tornando um dos melhores livros -de criança- na minha estante e coração. 

10 comentários:

  1. Um vez folhei um dos livros da série na biblioteca e achei espetacular, não peguei porque não era o primeiro.
    Adoro livro infanto-juvenil, e esse parece ter uma boa dose de diversão.

    http://rotinadafelicidade.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Claudinha
      Diário de um banana é uma série incrível e, por mais que não encontre os livros em ordem, não deixe de lê-los, vale muito a pena. Livros infanto-juvenil dão TUDO.

      Beijos

      Excluir
  2. Amo, amo, amo esse livro, li mega rápido! Os personagens são realmente muito engraçados, já li os dois livros! O livro é super divertido <3
    Amei o post!
    Beijocas!
    Jesus te ama <3
    http://hey-mygod.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também devoramos o livro em poucas horinhas, Jeremias.
      Beijos.

      Excluir
  3. Oi Amanda,eu adorei seu blog e já o estou seguindo e gostaria que você seguisse o meu também.

    http://fonte-da-leitura.blogspot.com.br/

    Sempre vou dar uma passadinha aqui para ver como está o blog.

    Obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Giovana
      Já estamos seguindo o Fonte da leitura e esperamos trocar muitas figurinhas contigo.
      Beijos

      Excluir
  4. Olha, eu sempre tive curiosidade de ler os livros da série DIARIO DE UM BANANA, até porque eu vi os filmes e gostei bastante. Dei altas risadas com algumas situações.
    Acho que o livro deve ser ainda melhor, porque é INCRIVEL o personagem.
    Nossa, nem sei o que falar.
    Tenho interesse de ler, mas não pra agora, porque como se trata de uma série, eu iria demorar muito pra ler, por isso vou esperar um pouco e comprar um box com todos eles.
    Enfim...
    Gostei da resenha =]

    lovereadmybooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Silvana
      Os livros da série são curtinhos e se eu fosse você CORRIA para lê-los agora mesmo, mesmo não tendo todos. Beijos.

      Excluir
  5. As mais divertidas resenhas ♥ Ítalo ♥ e amanda. Aguardando os vídeos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Talles ♥
      Os vídeos, digo, o primeiro, sai no domingo. Aguarde ;)

      Excluir

Books Deluxe © Templante desenvolvido por Érica Maria sendo proibido cópia parcial ou total sob pena da lei. Encomende aqui!.